Gritos na Madrugada

Publicado: junho 25, 2010 em Letra

Gritos na Madrugada

(Ricardo Deckmann)

Eu vejo pela janela

pessoas correndo

crianças vivendo

neste mundo sedento

mas alguma coisa me proíbe

neste momento

de ajudar

alguma coisa não permite

Eu vejo mortes na estrada

eu vejo gente que vive calada

cegos pedindo esmola

crianças brincando com drogas

vejo tudo e não vejo nada

eu ouço apenas um tiro

na madrugada

Há sangue no colchão

e violência na televisão

mas a televisão não nos faz

sentir a dor

que alguém sente

ao morrer aos poucos

neste mundo de loucos

Loucos andam pelas ruas

não sei se os loucos são eles ou nós

Não sei se podemos sair daqui

ou lutar

Eu vejo pelas quatro paredes

um mundo diferente

eu vejo agora você ir embora

Vejo tudo e não vejo nada

eu ouço apenas

um tiro na madrugada

Eu vejo cegos

pedindo esmola

eu vejo crianças

eu vejo apenas…

eu vejo tudo

e não vejo nada

eu não quero ouvir

gritos na madrugada

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s